Como calcular rescisão de contrato: Passo a passo

A rescisão do contrato do trabalhador é a formalização do fim do vínculo com o último emprego, veja como calcular o valor a ser recebido



Como calcular rescisão de contrato no emprego é um procedimento necessário sempre que um trabalhador é demitido do trabalho – nos casos de demissão sem justa causa e com justa causa, ou de outros tipos.

Muitos trabalhadores ficam confusos quando vão receber os valores devidos na rescisão contratual. A dúvida sobre o cálculo é uma das mais comuns. Não saber se o valor a receber está correto é uma das mais recorrentes dúvidas desses colaboradores que serão desligados da empresa.

É importante sempre ter muita atenção e cuidado para verificar se o cálculo foi feito da maneira correta, evitando assim prejuízos ao colaborador ou ao empresário.



Como Calcular Rescisão Passo a Passo

calculo rescisão com fgts e multa

Saiba aqui como realizar a passo a passo o cálculo da rescisão de trabalho. (Mastera)

Alguns itens devem ser contabilizados antes de como calcular rescisão, entre eles estão:

  • Saldo de salário;
  • Aviso prévio;
  • Férias vencidas;
  • Férias proporcionais;
  • Décimo terceiro salário proporcional;

Saldo de salário: Independentemente do tipo de demissão, o mês trabalho deve ser pago integralmente ao  colaborador.

Caso a demissão ocorra antes do fechamento da folha, o valor deve ser proporcional aos dias trabalhados no mês vigente.

Os encargos trabalhistas como INSS, FGTS e outros serão descontados proporcionalmente ao montante a receber.

calculo fgts

Foto: arimel

Aviso prévio: é o prazo contabilizado após o desligamento, seja ele feito pelo colaborador ou pela empresa.

O aviso prévio deve ser pago por um salário de um mês normal de trabalho. Caso, o trabalhador seja demitido tem o direito de receber, caso peça demissão “ pagar a empresa o valor” . Porém em casos de justa causa, o trabalho não recebe o pagamento do aviso prévio.

Pela Lei, o trabalhador tem direito a 30 dias de aviso, ainda tem direito a 3 dias a mais, por cada ano trabalho na empresa que foi desligado.

Férias vencidas: Em caso de férias vencidas, a quantia a ser paga por elas é o das férias + ⅓ do valor devido.

Férias proporcionais: O trabalhador recebe as férias proporcionais aos meses trabalhados no ano da demissão. Ou seja, se trabalhou 6 meses, deve receber 50% das férias proporcionais. Para demissão sem justa causa, ainda serão acrescidas ⅓ do valor total a receber.

Décimo terceiro salário proporcional: O montante deve ser pago após 1 ano de trabalho, em casos de demissão anterior, o colaborador recebe proporcional aos meses trabalhados. Os desligados por justa causa não tem direito.

calculo seguro desemprego

Foto: CatConsultoria

FGTS: Em caso de demissão por parte da empresa o trabalhador tem o direito de efetuar o saque do FGTS.                       

Cálculo Rescisão com FGTS e Multa

O saque do FGTS pode ser feito quando há desligamento sem justa causa. O saldo do saque será das contribuições depositadas pela empresa durante todos os meses de trabalho e mais uma multa de 40% em cima desse valor. O saque deve ser realizado na Caixa Econômica Federal, sendo o banco brasileiro responsável por receber o pagamento do  FGTS.

Calcular Seguro Desemprego

O cálculo é feito sobre a média salarial recebida nos últimos 3 meses, ou seja, soma os 3 salários e divide por 3, após isso, se o valor for:

  • R$1450,23, faça a multiplicação por 0,8;
  • R$1450,24 ATÉ R$2417,29, multiplicação por 0,5 e somado posteriormente a R$R$1450,23;
  • Acima de R$2417,29, a quantia do seguro deve ser o teto máximo vigente na data da solicitação ao seguro desemprego.


Como calcular rescisão de contrato: Passo a passo
Avalie!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *