Jornada de trabalho CLT: nova reforma trabalhista

Conhecer o funcionamento da jornada de trabalho clt é muito importante para garantir que os seus direitos serão respeitados



A jornada de trabalho clt é um dos assuntos mais debatidos entre os trabalhadores. Em muitos casos, essa questão é levantada, pois muitos desconhecem a norma e, por esse motivo, cumprem jornadas de trabalho que vão além do que a lei permite, em condições normais.

Pensando em esclarecer as dúvidas acerca deste assunto, este post apresentará um conjunto de informações muito importantes sobre a jornada de trabalho clt. Dessa maneira, você saberá tudo o que precisa saber para fazer valer os seus direitos.

Resumo da jornada de trabalho

De forma resumida, a jornada de trabalho clt pode ser entendida como a quantidade máxima de horas que um trabalhador deve fazer em um dia. Ter esse aspecto trabalhista regulado por lei foi uma conquista dos trabalhadores que, no passado, sofriam com jornadas extenuantes.



Por padrão, a jornada de trabalho clt corresponde a 8 horas diárias e um total de 44 horas semanais. Sempre que o funcionário trabalha além desse período, ele faz jus a horas extras, que recebem um aumento proporcional aos horários e dias trabalhados.

jornada de trabalho clt

Foto: Stefano Santori Training

Jornada de trabalho clt atualizada

Hoje em dia, a jornada de trabalho clt já passou por algumas alterações. No entanto, o padrão de oito horas diárias foi mantido. Leia também sobre o trabalho intermitente.

As mudanças e atualizações foram feitas apenas para garantir que outros tipos de jornada tivessem uma regulamentação correta. Nesse caso, os pontos mais importantes são os seguintes:

  • Em jornadas de trabalho com mais de seis horas, deve existir um intervalo de, no mínimo uma hora e, no máximo, duas horas;
  • Em jornadas de trabalho que tenham entre quatro e seis horas, o intervalo deve ser de, no mínimo, 15 minutos;
  • Quando o trabalhador fizer horas extras, essas horas receberão acréscimos de, pelo menos, 50%. Em alguns casos especiais, não há remuneração por horas extras, como nas compensações, cargos de confiança e jornadas de até seis horas.

Como ficou a jornada de trabalho depois reforma trabalhista

Em 2017, o Brasil passou pela Reforma Trabalhista. Com essa reforma, muitas mudanças foram feitas e a jornada de trabalho clt foi atualizada novamente. Em termos de horas na jornada de trabalho padrão, não foram feitas grandes alterações. Na verdade, a reforma trabalhista tratou de regulamentar jornadas de trabalho diferenciadas, bancos de horas e questões relacionadas às horas extras.

jornada clt

Foto: Paket Tour Jogja

Dentre as modificações, a verdadeira novidade foi a criação da jornada de trabalho intermitente. Essa modalidade permite que os trabalhadores prestem seus serviços em dias alternados ou apenas por um determinado número de horas na semana.

Em relação ao banco de horas, a grande mudança foi o fato de que se tornou possível estabelecer bancos de horas mediante acordos individuais, suprimindo a necessidade de definir normas em convenções coletivas.

Funcionamento da jornada de trabalho noturno

Por fim, tem-se o trabalho noturno direitos e adicional, que apresenta uma série de normas diferenciadas. Para começar, o trabalho noturno é todo aquele que é executado entre as 22 horas de um dia e as 5 horas do dia seguinte.

O importante a ressaltar na jornada de trabalho clt para trabalhos noturnos é que a hora de trabalho tem 52 minutos e trinta segundos, o que gera um adicional de 12,5% sobre o valor das horas diurnas. No caso dos intervalos, a divisão é feita de acordo com a regra do trabalho diurno.

Portanto, conhecer como funciona a jornada de trabalho clt é extremamente importante para garantir que os seus direitos, enquanto trabalhador, estão sendo respeitados. Além disso, é sempre bom se manter atualizado em relação a alterações e regras relacionadas às horas extras. Geralmente, é nesses pontos que muitas disputas na esfera trabalhista mantêm suas atenções. Felizmente, agora você sabe como tudo funciona e poderá trabalhar de uma forma justa.



Jornada de trabalho CLT: nova reforma trabalhista
Avalie!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *