Ser Eletricista: Quanto ganha? Piso Salarial e Autônomo

Conheça a carreira de eletricista, o curso, quanto ganha e veja se você deseja investir nessa carreira!



No Brasil, muitas pessoas apostam na profissão e desejam ser eletricista para garantir seus sustentos. Afinal, temos aqui uma área na qual a demanda é constante. Aliás, em função das diversas subdivisões que compõem o segmento “elétrica”, muitos profissionais encontram seus devidos espaços e conseguem transformar seus conhecimentos em uma excelente fonte de renda.

Por esse motivo, resolvemos criar este post para falar um pouco mais sobre os detalhes inerentes à carreira de um eletricista. Sendo assim, se você é um profissional do ramo ou deseja ser, não deixe de conferir as informações que separamos para você.

O que é ser Eletricista?

Nos dias de hoje, ser um eletricista têm sido muito atraente, já que o mercado sente falta de profissionais habilitados. Aliás, como um eletricista pode operar em diversas frentes de trabalho, existem vagas em indústrias, empresas da construção civil, petroquímicas, prestadoras de serviços, etc. Além de todas as opções citadas, o eletricista ainda pode operar como autônomo, fazendo das suas habilidades e conhecimentos, o seu próprio negócio.



instalações elétricas

Invista em um curso de eletricista e comece a investir nesse ramo. Foto: Ceest

Portanto, de forma resumida, podemos dizer que um eletricista é capaz de realizar instalações elétricas em diversos ambientes residenciais, comerciais e industriais. E claro, como profissional habilitado, todos os serviços irão atender à normas técnicas e aos devidos procedimentos de segurança.

Leia Também: Freelancer O Que é: Como Ganhar Dinheiro

Curso de Eletricista

Do mesmo modo que as opções, em termos de frentes de trabalho para um eletricista, são muitas, os tipos de especialização também são os mais variados. Desse modo, para atingir um nível de sucesso dentro da profissão, é imperativo obter uma boa formação.

Felizmente, não faltam opções no mercado para aqueles que desejam se especializar nessa profissão e, obviamente, adquirir conhecimentos mais específicos em relação a cada subdivisão da área de elétrica.

Além disso, as especializações, não só aumentam o conhecimento do profissional, como também ajudam a enriquecer o currículo e a expandir seus campos de atuação. Assim sendo, um curso de Elétrica Predial ou os diversos cursos oferecidos pelo SENAI para a área, por exemplo, são altamente recomendados.

Mão de Obra de Eletricista Autônomo

Conforme ressaltamos em uma das seções anteriores, um eletricista tem muitas chances de, com o seu conhecimento e um serviço de qualidade, transformar suas aptidões em um negócio próprio. Isto é, um profissional do segmento poderá subsistir como autônomo de forma bem eficiente.

Eletricista

Foto: Jornal da Região

No entanto, como na maioria dos casos, os serviços não terão a segurança de um emprego formal. Assim, o ideal será realizar um planejamento preciso e adotar práticas para fidelizar os clientes. Para isso, o valor da mão de obra cobrada pelos serviços deverá ser muito bem pensado.

Diante desse dilema, os profissionais autônomos do segmento costumam adotar um dos seguintes métodos de cobrança:

  • Cobrança por ponto;
  • Cobrança por hora/dia;
  • Cobrança por metro quadrado;
  • Cobrança por valor global.

Piso Salarial Eletricista

Na seção anterior, destacamos que os eletricistas autônomos não têm a mesma segurança de um profissional contratado através de uma relação de emprego. Afinal, para esses profissionais, haverá um salário mensal e todos os benefícios garantidos pela lei.

Por esse motivo, apresentamos abaixo algumas médias salariais para os profissionais do ramo, de acordo com alguns sites de emprego. Confira:

  • Eletricista Industrial: R$ 1.883,94;
  • Eletricista Eletrônico: R$ 2.524,78;
  • Eletricista de Instalações: R$ 1.354,21;
  • Eletricista Predial: R$ 1.530,61;
  • Técnico Eletricista: R$ 2.270,71.

Essa são apenas algumas das médias salariais para os cargos mais comuns que um eletricista poderá assumir. Portanto, caso queira saber mais sobre outras funções específicas, os sites de empregos oferecem excelentes informações.

Leia  Também: Como Escolher uma Profissão: Guia de Carreira

Serviços Elétricos

De acordo com tudo que foi apresentado ao longo deste post, é possível afirmar que um eletricista tem à sua disposição uma boa série de oportunidades e áreas de atuação. Isto é, no rol dos serviços elétricos, encontramos instalações residenciais, comerciais, industriais, instalação de redes de iluminação, manutenção, instalação de equipamentos elétricos, etc.

Enfim, um eletricista especializado terá diversas oportunidades de oferecer seus serviços e, sem dúvidas, receber a devida remuneração por todo o seu desempenho.

Em síntese, este post falou um pouco sobe a carreira como eletricista e os detalhes acerca de salários, especializações e expectativas. Esperamos que as dicas apresentadas tenham sido úteis e que você consiga utilizá-las para ingressar nessa carreira ou aprimorar ainda mais os seus conhecimentos sobre sua área de atuação.



Ser Eletricista: Quanto ganha? Piso Salarial e Autônomo
Avalie!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *